Podem compor/integrar a Rede de Colaboração em Educação as seguintes representações:

I - Consórcios Intermunicipais, Públicos ou Privados, com a atuação em Educação;

II – Arranjos de Desenvolvimento da Educação - ADEs;

III – Outras iniciativas e instituições com atuação em educação que possuam colegiado regional de educação formado por dirigentes municipais de educação, com atuação em pelo menos 06 municípios.

A entrada de novas instituições na Rede de Colaboração Intermunicipal em Educação dar-se-á por:

I – Formalização de manifestação de interesse da iniciativa;

II -Aprovação do Comitê Gestor;

II – Aprovação dos parceiros/apoiadores da Rede;

III – Aceite, por parte da nova instituição, do Termo de adesão e compromissos da Rede de Colaboração Intermunicipal em Educação.

As Fundações, Institutos e Associações, dentre outras organizações, que desenvolvam trabalho de fortalecimento do regime de colaboração intermunicipal, mas sem uma representatividade do poder público municipal, podem integrar a Rede como apoiadores, por tempo determinado (de acordo com a duração da parceria), seguindo os mesmos ritos descritos acima.

A Rede receberá durante todo o ano corrente solicitações de adesão de novas iniciativas, mas a integração de novas iniciativas ocorrerá sempre no primeiro trimestre do ano subsequente. Essa medida visa garantir que a integração de novas iniciativas seja um processo planejado, alinhado ao ciclo anual da Rede e ao escopo do apoio concedido dos parceiros.  O meio formal de manifestação de interesse em adesão à Rede é pelos seus canais institucionais já estabelecidos e disponíveis no site.

Se seu Colegiado já desenvolve iniciativas de colaboração intermunicipal em educação e deseja integrar-se à Rede, envie um e-mail redeintermunicipaledu@gmail.com com uma síntese do trabalho desenvolvido e entraremos em contato.